PROCURA-SE UM COVEN



São muitas as pessoas que procuram os praticantes de Wicca crendo que, em nossa religião, como nas religiões patrifocais, basta unir-se a um grupo para imediatamente se tornar um "crente" ou um "seguidor". Essas pessoas assim procedem porque não sabem que nossa religião, muito ao contrário das religiões de massa, não quer rebanhos de simplórios seguidores. Não temos pastores, e não aceitamos alguém que se coloque em posição de ovelha. O próprio conceito de "mais um do rebanho" é a aniquilação do que é a essência da bruxaria: só existe brux@ quando existe, em plena liberdade de escolha, uma relação direta e sem intermediários entre o praticante da Arte e os Deuses Antigos.
 
Mas mesmo entre as pessoas que já sabem que a bruxaria tradicionalmente se pratica em pequenos grupos de, no máximo 13 pessoas, os Covens, permanece a ânsia legítima de encontrar o seu Coven. Nessa ânsia, muitas pessoas acabam vítimas de gente esperta, exploradora ou simplesmente ignorante, que acham que um Coven se forma da noite para o dia ou em um simples ajuntamento de gente. Sei bem como é, o primeiro grupo que frequentei na bruxaria foi formado por pessoas que nunca haviam se visto antes e foram "sorteadas". Muito longa foi minha caminhada até compreender que não é o acaso que forma um coven, mas sim muito amor, convivência, intimidade e árduo trabalho.

Para não mais cair em armadilhas, compreenda bem o que é um Coven. Um Coven é um grupo de até 13 brux@s que une suas vidas, suas essências, seus anseios e seu sacerdócio, em perfeito amor, perfeita confiança, de modo a que, perante os Deuses, é como se de uma só pessoa se tratasse. Por essa definição creio que já é fácil entender que não se forma um coven por sorteio, nem por listinhas passadas em rituais públicos. Tampouco aquele grupinho da escola em que cada um pertence ao signo de um elemento, ou aquelas muitas dezenas de alunas de uma famosa escolinha de "bruxaria natural" forma um coven.

Na ausência de covens suficientes de pessoas formadas dentro de tradições, como é possível se chegar a uma prática em grupo?

A sequência natural de eventos para que haja um Coven é a formação de um grupo de estudos, onde os participantes, além de debaterem idéias a respeito da Wicca e sua futura posição nela como Sacerdotes e Sacerdotisas, marquem atividades sociais e comecem a se conhecer melhor. Conviver alguns meses somente trocando idéias é o que a prudência recomenda antes que essas pessoas decidam praticar juntas.

Se o grupo se conhecer o suficiente para saber que há empatias entre todos, se pode pensar em começar a praticar em conjunto. Isso se faz pela forma conhecida como Círculo. Um Círculo é um grupo com laços bem menos fortes que um Coven, e pode ser constituído por mais do que 13 pessoas. Começando a celebrar em conjunto, e vivendo a energia da Deusa Triplice e Seu Consorte em comunhão, esse Círculo logo sentirá o estreitamento de seus laços.

Uma coisa, porém, se deve alertar: é muito comum que nessas fases de Grupo de Estudos e Círculo várias pessoas apenas passem pelo grupo, e logo se afastem. Nunca desanimem ao passar por essas dificuldades. A Wicca é aberta a todos, mas nem todos são para a Wicca. Algumas pessoas necessitarão dessas experiências justamente para perceberem que não têm real vocação sacerdotal ou que a bruxaria não é o anseio de suas almas.

No início, a prática em Círculo costuma ser prazeirosa e a convivência fácil. É uma bela viagem começar a compreender que unindo suas energias as pessoas conseguem mais facilmente se conectar com os Deuses, os elementos e o fluir da magia começa a ser reconhecido.

Quando o Círculo já tiver alguns meses de convivência vão começar a surgir as dificuldades e disputas internas. Questões sobre liderança,condução do grupo, mútuo apoio, simpatias e antipatias individuais vão começar a tornar o que antes era um grupo eufórico e crente de que sempre se amariam em um grupo onde as pessoas passam a se estranhar. É o fim da lua de mel - um tempo de afiar garras, conhecer as armas, feridas e armadilhas dos outros.

Nesse ponto, muita gente desanima e pensa que tem vocação para ser solitário. Bem, meu conselho é que vcs, nessas fases de primeiros conflitos, não desistam, se não farão sua vida na bruxaria virar uma romaria por diversos círculos, todos se desintegrando rapidamente. Quem tenta formar um grupo para praticar wicca deve ter a sua frente um aviso em neon piscando"Não desistirei mesmo que haja dificuldades com o Circulo". Creiam em mim, esse é um valioso conselho...

Se um Círculo tem como meta se tornar um dia um Coven, ele precisa ter presente que deverá se criar em seu seio uma atmosfera de completa sinceridade, aceitação e compaixão. Entendam: compaixão não é pena, é a capacidade de colocar-se no lugar do outro e compreender seus motivos e modos de agir, sinceramente, sem julgamento , mas com acolhimento. Somente quando um grupo aprende a agir assim com todos os seus membros, e todas as questões são respeitadas, as feridas curadas ou minimizadas, as diferenças individuais vistas não como problemas, mas como uma rica diversidade, é que começamos a ver nascer no Círculo o espírito que o transformará, em alguns anos, em um Coven.

É preciso que compreendamos: um Círculo leva anos - o bom senso e a experiência nos dizem, no mínimo 3 ou 4 anos - para se tornar um Coven.

Nunca idealize um Coven. Não imagine que comungar vidas significa que nunca temos problemas nem desentendimentos entre nossos membros. Um@ boa brux@ é , antes de tudo, profundamente humana, e vive suas paixões intensamente. Imagine juntar treze brux@s em um Coven e achar que el@s nunca se desentendem! Seria impossível. Mas o que ocorre em um Coven é que os problemas são de todos, ninguém nunca está sozinho, e se alguém erra, os demais apontam e tentamos resolver as coisas juntos. Aquele que erra, se compromete a baixar a bola de sua mágoa e raiva quando outro aponta o erro, aquele que aponta nunca o faz se não for para o bem do outro e seu crescimento no Caminho. Por isso, um Coven cria laços de amor profundo, tão íntimos e tão preciosos que são maiores que os laços de parentesco e que qualquer outra relação social conhecida. Em um coven, as pessoas não se "toleram", elas se conhecem de verdade e se aceitam como são.

Um coven é mais que uma família, é um refúgio, um lugar de encontrar seus iguais, seus cúmplices, fãs ardorosos mas também juízes severos e interessados no seu aperfeiçoamento como ser humano e Sacerdote ou Sacerdotisa dos Antigos. Um Coven é a união que podemos ofertar aos Deuses como expressão de nosso crescimento, amor e plenitude em conjunto.

Não tenham pressa de ter um Coven, não sejam enganados pelos falsos iniciadores, não se deixem levar pela pressa e o desejo de "virar bruxos" depressa. Não tirem de vcs mesmos a beleza e a doçura de um dia pertencerem a um Coven de verdade.

Blessed Be!
Mavesper Cy Ceridwen

6 comentários:

Claudia 12 de outubro de 2010 22:54  

Bonita postagem. Com humildade eu aconselho seguir o caminho da Deusa como solitário, sem afobação para achar um coven. O coven certo aparece quando estamos prontos para ele. Levei 15 anos para achar o coven onde todos se amam completamente, sem inveja, conflitos e arrogancia. E por "coincidência" cada um tem um signo que pertence a um elemento mesmo. E demoramos para perceber isso. A Deusa nos manda o que precisamos, na hora certa.

Anônimo 13 de julho de 2011 21:32  

oi minha querida amo vc e tudo que tem orientado! as vezes sinto muito triste por ser como sou; mas vc me dá a maior força mil luzes a vc, que a Grande mãe terra te abençõe bjss.

Anônimo 13 de julho de 2011 21:35  

Presciso de ajuda sou bruxa há 11 anos e minha familia é contra fico muito triste solitaria,amo vc mita luz em seu caminho bjs. rosekuster_@hotmail.com

is.wicca 17 de março de 2012 15:14  

olá, quero me tornar um bruxo, mas por mais que eu tento, não acho um curso online e de graça, minha mãe e minha irmã são espíritas, minha vó(e minha outra junto com meus primos e tios da Bolívia)são católicos,minha outra irmã é da umbanda e meu pai e irmão são cristãos não definidos, creio que meu pai seja ateu,minha cunhada e cunhado são cristãos também, já passei por uma fase espírita, minha mãe disse para eu não brincar com bruxaria, pois ela sabe que atraí grandes e poderosas energias,mas eu não brinco, ultimamente, fiz uma oferenda para os elementares, se você for uma bruxa muito experiente poderia me dar aulas por e-mail, por favor, só tenho 13 anos e penso que essa é a melhor forma de me tornar um bruxo bom, sei que essa é a religião que quero levar para o resto da vida, por favor me ajude estou enviando meu e-mail :hollwegike@yahoo.com.br espero anciosamante seu retorno, que a luz te acompanhe até o fim, que seja uma das melhores e mais bondosas bruxas

Anônimo 10 de dezembro de 2012 19:46  

oi, gente eu tenho 13 anos, moro no RS e tudo o que quero é alguns amigos que sigam wicca assim como eu, seria o máximo, pra formarmos um grupo de estudos e talvez mais no futuro um pequeno coven. meu e-mail: arlequinahewson@hotmail.com me add, aceito todos. beijos, bençãos da deusa para todos,amei o site.

Roza height 12 de novembro de 2014 00:04  

Eu veio para Portugal o ano passado e ainda não consegui incontrar com pessoas que conhesem bem a wicca. Eu não sou iniciada mas estudei tudo que podia antes que os meus país me-proibiram. Agora que não vivo com eles e gosta muito de aprender mais. Se algem estives disposto para ajudar agredecia imenso. Meu email e rzheight289@gmail.com

Postar um comentário


Criei este blog com a intenção de ajudar a outros, que, assim como eu, anseiam por algo que não conhecem, escutam o chamado, e mesmo sem saber como, precisam fazer algo a respeito…e também para ajudar aos que buscam uma palavra de carinho, ou mesmo uma singela ajuda espiritual para enfrentar seus problemas.

Tenho o objetivo de compartilhar com meus amigos e leitores os meus estudos,pesquisas e o que leio sobre assuntos relacionados a Grande Arte.

Eu não compartilho nada em que não acredite…coleto os textos de fontes que considero seguras e verdadeiras e repasso a vocês com os créditos para que tenham a liberdade de procurar e saber mais sobre o autor. Procuro sempre colocar os créditos abaixo das postagens, se acaso esquecer alguma, por favor, avisem-me que colocarei imediatamente.

Espero que possamos caminhar juntos,rumo à Luz e a Sabedoria!Grandes bênçãos a você, amigo visitante!

Boa Viagem!


DEIXA RECADOOOOOOOO

"O aprendiz que você é hoje antevê o mestre que você vai ser. Conhecimento só é poder quando passado para frente. A sabedoria é poder para O OUTRO. Se você é um aprendiz, mas se recusa a ser um mestre, seu aprendizado foi estéril, inútil e provavelmente irreal. Quem aprende DE VERDADE passa o conhecimento para frente."