GUIA DE ESTUDO PARA INICIANTES

Este guia foi criado para quem está começando a estudar Bruxaria e quer ter uma linha a seguir. 
Lembrando sempre, que  há muitos direcionamentos para você escolher, e talvez você siga uma Tradição, um coven.
Sou Uma Bruxa Solitária por escolha, pois assim atribuo a minha liberdade no meu caminhar, e não esqueço um minuto se quer de minha responsabilidade ampla e necessária, permanente em meu caminhar.
Sinta-se à vontade para adicionar suas próprias contribuições, pois o estudo é pessoal. 

História da Bruxaria
- Como eram as formas de religiosidade no período Paleolítico
- O surgimento do culto a uma Deusa da fertilidade e ao Deus das caças
- Mitologias antigas
- Como o casal divino era cultuado nas religiões antigas
- Como a divindade era vista nas civilizações antigas
- O surgimento do Cristianismo
- A resistência pagã na Gália e na Britânia
- Fusões entre crenças pagãs e cristãs na Europa
- A Bruxaria sendo repassada de maneira oral
- Costumes africanos relacionados à magia
- Bruxaria no Brasil colônia
- Por que as Inquisições surgiram
- O renascimento da Bruxaria do início do século XX até a década de 1950
- O impacto do feminismo e do movimento hippie na Wicca
- O papel dos Estados Unidos na divulgação da religião
- Início das atividades públicas pagãs no Brasil
- O Paganismo nas lendas indígenas 

Princípios & Crenças
- Quais as divindades que as bruxas e os bruxos acreditam?
- Qual a relação que se tem com tais divindades?
- A diferença entre a crença nos deuses pagãos e no Deus cristão
- A importância da Terra e da Natureza
- O conceito de imanência
- Os "dogmas" da Wicca
- Diferenças de crenças entre práticas pagãs distintas

Comportamento
- Pensamentos e ações de um bruxo ou bruxa - eles se confrontam? eles se completam?
- A relação com a Natureza
- Reciclagem e outras formas de contribuição ao meio-ambiente
- O impacto do aquecimento global
- Crenças cristãs que ainda podem estar enrraizadas e os motivos - como trabalhá-las?
- O que impede alguém de praticar livremente
- Princípios da Bruxaria e do Paganismo dentro de cada um 
- Reflexão sobre o sacerdócio - qual seu papel para a religião?
- Contemplação da Natureza: mar, vento, estrelas, astros, plantas etc. 

Influências Externas

- O impacto das Inquisições naquela época e ainda hoje
- O preconceito resultante da relação entre a política e as religiões
- Por que há muitas pessoas procurando a Bruxaria hoje? 


Divindades
- A Grande Mãe
- O Deus Cornífero
- O culto ao casal divino na Wicca e em outras vertentes
- Mitologias que ainda sobrevivem
- As faces de uma mesma Deusa e de um mesmo Deus
- Monoteísmo, duoteísmo ou politeísmo? 

Teoria da Magia
- Diferença entre evocações e invocações
- Magica branca X magia negra
- Energia e poder - o que são, na Bruxaria?
- Os quatro elementos e o alcance do éter
- Reflexão sobre os quatro elementos em tudo o que existe
- Estudos sobre os arcanos maiores e menores do tarô 

Instrumentos Mágicos
- Por que usar instrumentos mágicos?
- Os quatro principais instrumentos e sua relação com os elementos e os naipes do tarô
- Formas de consagração dos instrumentos mágicos 

Práticas
- O significado, importância e uso do círculo mágico
- Maneiras de se lançar um círculo
- O conceito de elementais, lares e outros seres mágicos
- Conexão e equilíbrio com os quatro elementos em nosso corpo
- A energia mágica das plantas
- Preparo de poções, unguentos, pós, cataplasmas e filtros com ervas
- Cultivo e armazenamento das ervas
- Correspondências mágicas
- Criação de rituais e feitiços
- Etapas dos trabalhos mágicos
- Criação, elevação e direcionamento de energias
- Confecção de talismãs e amuletos
- Exercícios de respiração, relaxamento, visualização, centramento, aterramento etc.
- Uso de oráculos
- Auto-defesa psíquica 

Roda do Ano
- A influência da Lua em nossas vidas
- A importância do Sol para a humanidade e o planeta
- Os festivais celtas da colheita
- A distorção do Halloween
- Semelhanças e diferenças entre celebrações cristãs e pagãs
- O motivo pelo qual celebramos as mudanças de fases da Lua
- As quatro estações
- Características de sua região durante toda uma roda
- Modo de celebrar cada sabá e esbá
- A energia de cada dia da semana
- Horas mágicas - o que são e para que servem
- Costumes relacionados a cada sabá
- Lua Negra e a sombra 

Tradições & Vertentes 
- Definição de tradição
- A importância da iniciação nas tradições
- Formação de grupos e covens
- Prática individual X prática em grupo
- Tradições e vertentes conhecidas - suas diferenças e semelhanças
- Inserção de mitos brasileiros nas práticas pessoais
- Bruxaria tradicional X Bruxaria moderna 

Em nosso estudo incluimos também Filosofia, tratamentos terapêuticos, Esoterismo, Herbologia entre outros.
O estudo na Bruxaria é muito amplo, precisamos adentrar em muitos caminhos paralelos, para compreendermos o caminhar poderoso e mágico da Bruxaria em sí.
Quanto mais conhecimentos é adquirido, mais a Bruxa e o Mago obtém poder mágico.
Entre a Teoria e a prática, galgamos o mundo mágico do conhecimento, que só nos beneficia, assim transformando a nossa vida bem mais mágica e completa.
O conhecimento nos faz crescer e fortalece nosso sucesso e bem viver.
Só por isso já somos beneficiados no VIVER!
Nada se perde ao trilhar o mundo dos conhecimentos, mas adquirimos algo muito mágico que chamo de SABEDORIA!Bruxos e Bruxas estudam sempre porque o aprendizado nunca acaba.
Então, bom estudo.

- Por Bruxa Jade Fênix

Caminhando sob a Senda Mística


Ao enveredar no caminho obscuro da Senda Mística olhe-se diante do espelho e verás o que te espera – Conhecer a Ti mesmo.
Conhecer a si mesmo não é se fechar sob a caixa de pandora e exigir que se abra.Nem acreditar que somente aquilo que vê e sabe é real.Tente olhar com o olho do outro.Há coisas que somente podem ser vistas e entendidas pelo ponto de vista do outro.Somente assim poderá aprender o que o outro escreveu e ensinou.

E então poderá despertar o seu mestre interior e ver com seus próprios olhos.Ao adentrar no olho do outro aprenda como se faz,porque se faz e o que se faz.E ao retornar a olhar com seus próprios olhos, respire fundo e faça.

Nenhum conhecimento pode ser declarado conhecimento se não houver ação.Se criares barreiras entre o seu modo de ver e o dos outros,viverá fechado e comprimido em si mesmo.Ao ver com os olhos dos outros,poderá entendê-los e saber o que realmente estão pensando.Quando aconselha alguém com o seu ponto de vista na intenção de dizer o que você faria em vez de entender o que ele deve fazer do ponto de vista dele,comete um sacrilégio contra a vontade humana.

Por isso,é importante não tentar entender ou julgar os outros pelo seu ponto de vista.Ninguém tem o direito de viver a vida do outro,principalmente fazendo-os enxergar apenas a nossa vida como exemplo,por achar, de forma egoísta, que sabemos exatamente como eles devem viver.Quando lemos um livro importante ou quando somos guiados por um mestre espiritual conhecemos o que os outros pensam.

Ser guiado não é o mesmo que ser alienado,alienação e entregar aos outros a sua vontade.E é por esse motivo que se procura conhecer a si mesmo e despertar seu mestre interior para poder enxergar com os próprios olhos.

Aquele que caminha sob a Senda Mística pode ser acusado de fugir ao problema no que se refere à verdade, ainda que não descubra a “verdade em si”, irá descobrir que tudo possui uma questão cultural, uma falsa consciência e muitas circunstâncias desconhecidas,
relevantes para sua descoberta.

Na realidade, se acreditarmos já possuirmos a verdade, perderemos o interesse em descobrir as próprias intuições que nos conduziriam a uma compreensão aproximada e não estaríamos prontos para entender os dogmas e os paradigmas que criamos.

Os paradigmas são modelos, diretrizes, formas de pensamento ou caminhos e teorias que construímos.Ao romper um paradigma surge um outro, ao quebrar uma regra forma-se outra.Se disser que não “existe regras e que tudo é feito pela vontade”, acaba formando uma nova regra.
Quando se muda um paradigma não significa falta de lei ou de ordem.Tudo tem um significado e uma representação,mesmo sendo nós os grandes produtores desses paradigmas.

Para isso,não podemos enxergar apenas pelo meio da causa e efeito ou pela ação e reação.Em um tudo há um significado ou uma representação.Há um significado na causa e outro no efeito.
Até mesmo o acaso possui um significado.

Eles podem representar uma manifestação da vontade e da lei.Ao conceder a experiência mística o único meio adequado de se revelar ao homem sua natureza e sua espiritualidade,ainda é preciso admitir que o elemento inefável almejado para adentrar na senda do conhecimento espiritual não pode ser possível sem uma mudança de postura,autoconhecimento,de conhecimento social e cultural estabelecido pelos conceitos éticos e morais.

O conhecimento cognitivo que se processa no interior do cérebro não é suficiente para embrenhar na Senda Mística.Este conhecimento lógico não é a única forma de aprendizagem.
É preciso um conhecimento de sensibilidade,que venha do tato e que não passa apenas pelo cérebro.

É necessário visualizar,pegar,sentir,tatear com as mãos,abstrair e concretizar conhecimentos para poder imaginar e despertar a Fé em si mesmo.
Nenhum conhecimento está centrado exclusivamente no cérebro,mas também nos sentidos,na percepção e na intuição.

As bases fundamentais são:
Conhecer a ti mesmo,a Fé,Conhecimento e a Vontade.

Conhecer a ti mesmo é o primeiro desafio para obter consciência de si mesmo e do que é capaz.
Não se pode dizer que conhece tudo o que está ao redor se não conhece a si mesmo.Somente conhecendo sua divindade e seu demônio saberá o que é capaz de fazer.

O segundo desafio é a Fé em si, revelar sua divindade interior.A Fé é mais que um requisito é a sublime transparência do Sou.A manifestação do Sou reflete a força interior e exterior que desnuda o que está dentro de si, a Fé.

O terceiro desafio é o Conhecimento.Conhecer é aprender,seguir o coração,o seu corpo,sua mente e seu espírito no caminho da espiritualidade e da evolução do ser humano.O conhecimento está estritamente ligado com todos os sentidos da natureza humana,e é o que dará o impulso no movimento de suas forças.

O quarto desafio é a Vontade e está intrínseco a todos desafios.É impossível obter sucesso se não houver vontade.Não há base única,nem deve ser visto com pessimismo o fato de não possuir nenhum desses atributos,porém,para permanecer na Senda é preciso,no entanto,buscar estes desafios tornando-se uma pessoa de ação.

Engana-se aquele que acha que tudo é simples.Na realidade a simplicidade das coisas está na complexidade do que é.Somente com predisposição de aprender e humildade poderá,então,seguir adiante caminhando pela Senda Mística.


By João Coutinho  em Arte Mágicka - Filosofia Oculta

Todos os dias, alguém me pergunta o que é ser uma bruxa.
Esta é uma pergunta fácil e difícil de explicar.
Uma bruxa é, antes de tudo, alguém que está em contato
com energias sutis. Olhamos ao nosso redor e vemos mais
do que matéria. Vemos o íntimo, o Espírito das coisas nas
coisas. E trabalhamos com este espírito.
Se você olhar a seu redor, verá que tudo se compõe de uma
troca de energias entre você e o seu ambiente. A física nos
coloca que o Universo inteiro é composto de energia.
Essa energia possui freqüências diferenciadas. Da mesma
forma que a luz pode se decompor em cores, a energia básica
do Universo se fragmenta em diversas manifestações físicas e
mentais. Na origem da criação, existiam apenas algumas formas básicas de partículas
que foram se diversificando e formam hoje tudo o que você vê,
e até o que você não vê.

Os átomos que compõem tudo o que existe daqui ao infinito
são partículas fundamentais que se atraem ou se repelem.
E a força que faz com que esta atração ou rejeição aconteça
é uma energia que ninguém ainda conseguiu definir. Alguns
chamam de Acaso, outros de Deus, outros simplesmente de
Universo. Qualquer que seja a imagem que o Homem crie
para definir esta Força, nós bruxas acreditamos que existe
uma vontade de fazer com que as partículas se agreguem ou
desagreguem. Esta idéia permeia um princípio básico da
Magia: o princípio de que tudo o que ocorre possuiu uma
Vontade em sua base.

Outro dado é que a Física hoje já trabalha com a hipótese
de que o observador altera o comportamento do objeto
observado. E o que para os físicos é novidade, para nós,
bruxas, é algo antigo e comprovado.
Em síntese, a Magia consiste em trabalhar em estado
alterado de consciência para entrar em contado com
as Energias Básicas por trás das coisas; e manipular
sua manifestação de acordo com a Vontade Maior do
Universo, em sintonia com a vontade da bruxa.

Dois elementos básicos entram na composição desta
manipulação: a crença de que é possível e o desejo
sincero de se conseguir esta manipulação. Dois
elementos poderosos - fé e desejo - que podem
modificar tudo que existe em você e fora de você.
Isto é Magia. Isto é ser bruxa!

By Jeane Silveira em Witch Club House

Ser Bruxa III

"Sєr вrυxα ŋãσ é ѕσмєŋтє υѕαr rσυρα ρrєтα,ѕєr υмα ρєѕѕσα "điƒєrєŋтє",тєr ђáвίтσѕ qυє єѕтãσ єм đєѕαcσrđσ cσм αѕ rєgrαѕ gєrαίѕ.
Sєr вrυxα é υм єѕтαđσ đє єѕρírίтσ.É cσмραcтυαr cσм α ŋαтυrєzα є cσм тσđσѕ σѕ ѕєrєѕ νίνσѕ ŋєlα.
É єŋтrαr єм мєđίтαçãσ ŋσ συтσŋσ;É αrмαzєŋαr αѕ єŋєrgίαѕ ŋσ ίŋνєrŋσ;É rєŋαѕcєr ŋα ρrίмανєrα;É вrίlђαr ŋσ νєrãσ!
Sєr υм ѕєr ђυмαŋσ cσмρlєтσ,e αѕѕίм cσмσ σѕ αŋίмαίѕ,ƒαzєr ραrтє đσ cίclσ đα νίđα,ѕєr ραrтє ίŋтєgrαŋтє đєѕтє ναѕтσ υŋίνєrѕσ.αѕѕίм νєrємσѕ qυãσ вєlσ é σ đσм đα νίđα є σ qυє ρσđємσѕ ƒαzєr cσм єlα.
Sєr вrυxα é ƒαzєr σ мєlђσr đє ѕί є ѕєr σ мєlђσr ραrα тσđσѕ.
É тєr мαgία ŋσѕ αтσѕ мαίѕ ѕίŋgєlσѕ,νєr α вєlєzα đσ ŋαѕcєr đє тσđαѕ αѕ cσίѕαѕ αѕѕίм cσмσ υм ŋαѕcєr đσ ѕσl.
Qυє ŋóѕ вrυxαѕ ρσѕѕαмσѕ тrαzєr αѕ rαízєѕ đє υм ѕєr ђυмαŋσ тãσ đίѕтαŋтє đα αтυαl rєαlίđαđє đσ мυŋđσ.
Alєgrємσ-ŋσѕ ρєlσ đσм đє ρσđєr ѕєr вrυxα є ƒαzєr ραrтє đєѕтα grαŋđє єŋєrgία: α мãє ŋαтυrєzα"


Criei este blog com a intenção de ajudar a outros, que, assim como eu, anseiam por algo que não conhecem, escutam o chamado, e mesmo sem saber como, precisam fazer algo a respeito…e também para ajudar aos que buscam uma palavra de carinho, ou mesmo uma singela ajuda espiritual para enfrentar seus problemas.

Tenho o objetivo de compartilhar com meus amigos e leitores os meus estudos,pesquisas e o que leio sobre assuntos relacionados a Grande Arte.

Eu não compartilho nada em que não acredite…coleto os textos de fontes que considero seguras e verdadeiras e repasso a vocês com os créditos para que tenham a liberdade de procurar e saber mais sobre o autor. Procuro sempre colocar os créditos abaixo das postagens, se acaso esquecer alguma, por favor, avisem-me que colocarei imediatamente.

Espero que possamos caminhar juntos,rumo à Luz e a Sabedoria!Grandes bênçãos a você, amigo visitante!

Boa Viagem!


DEIXA RECADOOOOOOOO

"O aprendiz que você é hoje antevê o mestre que você vai ser. Conhecimento só é poder quando passado para frente. A sabedoria é poder para O OUTRO. Se você é um aprendiz, mas se recusa a ser um mestre, seu aprendizado foi estéril, inútil e provavelmente irreal. Quem aprende DE VERDADE passa o conhecimento para frente."