A Deusa Mãe

“A espera termina…Quando eu me coloco a caminho”

 

Esperamos um novo dia, uma nova casa, um novo namorado/a, dinheiro, um novo trabalho, que a situação melhore, e “n” coisas para poder se feliz, para se curar, para estar bem, para…

Enquanto isso não vivemos, porque estamos…a espera de algo!

Algo que nunca vai chegar a não ser que comecemos a caminhar em direção a essas coisas.

Ter ou alcançar o que desejamos só depende de nós; sei que é uma frase “trilhada”, mas é isso mesmo, e quando o compreendemos realmente, lá em nosso interior, percebemos que podemos ser felizes no agora, e podemos encarar o futuro próximo como um caminho aberto a todas as possibilidades que possamos imaginar.

Caminhar, no sentido literal e metafórico é algo muito divertido se sabemos para onde vamos e se gostamos do lugar a onde queremos chegar.

Nossas metas e desejos são o lugar mais encantado que podemos visitar, um lugar onde podemos tirar ferias da espera para ser felizes.

Mas essas ferias podem se tornar permanentes se as assumirmos como nosso passatempo diário de caminhar em direção a nossa felicidade; e para isso só precisamos dar pequenos passos a cada dia, um depois do outro, saboreando cada instante e agradecendo à Deusa porque nos deu pés, 2 pares, os nossos físicos e outro par alado para “voar” em direção ao nosso verdadeiro destino: a felicidade!

A Deusa me olha desde os desenhos das páginas do meu caderno e sorri, como uma mãe quando olha para sua criança e a vê dar os primeiros passos.

Assim como a mãe-mulher, Ela, a Mãe-Deusa, sabe que são so primeiros e que por isso são inseguros, mas também sabe que cresceremos e que os seguintes serão cada mais firmes e seguros.

Assim como a mãe-mulher coloca longe as coisas que a sua criança deseja, para que ela caminhe movida pela vontade de alcançá-las, assim a Mãe-Deusa as vezes coloca longe de nós aquilo que desejamos, para que possamos desenvolver a firmeza e a segurança que vamos precisar mais adiante para alcançar outras coisas mais importantes.

E é sempre assim, damos alguns passos e alcançamos o que desejamos, e temos de nos colocar a caminho outra vez para alcançar mais, para ir além do horizonte.

E a cada meta alcançada, a cada objetivo realizado, nos sentimos mais confiantes, firmes e seguros de nossas capacidades.

Assim como a mãe-mulher fica em volta da sua criança para recebê-la em seus braços se ela se cair, para que não se machuque, assim a Mãe-Deusa fica ao nosso redor para nos apoiar e segurar até que alcancemos o que desejamos.

Então, nos momentos em que estamos caminhando em direção aos nossos objetivos é quando a Deusa-Mãe está mais próxima de nós, cuidando para que cheguemos a ele em segurança.

Por isso, não tenha medo de caminhar, de dar seus primeiros, segundos e “n” passos em direção aos seus objetivos porque você tem a melhor guardiã que qualquer ser pode almejar: A Deusa-Mãe!

By Magia Bruxa / Debora Rocco

 

0 comentários:

Postar um comentário


Criei este blog com a intenção de ajudar a outros, que, assim como eu, anseiam por algo que não conhecem, escutam o chamado, e mesmo sem saber como, precisam fazer algo a respeito…e também para ajudar aos que buscam uma palavra de carinho, ou mesmo uma singela ajuda espiritual para enfrentar seus problemas.

Tenho o objetivo de compartilhar com meus amigos e leitores os meus estudos,pesquisas e o que leio sobre assuntos relacionados a Grande Arte.

Eu não compartilho nada em que não acredite…coleto os textos de fontes que considero seguras e verdadeiras e repasso a vocês com os créditos para que tenham a liberdade de procurar e saber mais sobre o autor. Procuro sempre colocar os créditos abaixo das postagens, se acaso esquecer alguma, por favor, avisem-me que colocarei imediatamente.

Espero que possamos caminhar juntos,rumo à Luz e a Sabedoria!Grandes bênçãos a você, amigo visitante!

Boa Viagem!


DEIXA RECADOOOOOOOO

"O aprendiz que você é hoje antevê o mestre que você vai ser. Conhecimento só é poder quando passado para frente. A sabedoria é poder para O OUTRO. Se você é um aprendiz, mas se recusa a ser um mestre, seu aprendizado foi estéril, inútil e provavelmente irreal. Quem aprende DE VERDADE passa o conhecimento para frente."